Cyber Designers

CYBER DESIGNER
welcome
Ola Visitante, Seja bem vindo(a) ao Cyber Designer, esperamos que você goste de nosso conteudo e se torne um Membro para poder participar ainda mais de nossas atividades. Agora temos uma area para você convidado postar, sem se cadastrar, caso tenha alguma dúvida, passe lá, se encontra na parte de Área livre.
Vale também ressaltar que, Para você ter acesso aos links por ai , é necessário ser registrado, então se registre .
Se já tem uma conta no forúm,
Logue-se .

    O último remanescente. Deixando a Cyber por um tempo!

    Compartilhe
    avatar
    KlauZERO
    Administração
    Administração

    Sexo Sexo : Masculino
    Mensagens Mensagens : 1490
     Reputação  Reputação : 136
    Inscrição Inscrição : 04/10/2011
    Idade Idade : 23
    Localização Localização : Rio de Janeiro

    O último remanescente. Deixando a Cyber por um tempo!

    Mensagem por KlauZERO em Sex Jul 19, 2013 3:06 pm

    Antes, vou postar os motivos pessoal que estão a me fazer ir embora por um tempo. Ou quiçá, para sempre.

    Alguns sintomas que venho sentido ultimamente de quesito emocional, mas que se propagam pelo físico e que não estou conseguindo controlar:

    *Humor baixo. Me sinto mal-humorado diariamente.

    *Incapacidade de sentir emoção diante de alguns fatos da vida, independente se são casos felizes, divertidos, tristes e etc. Minha reação diante de qualquer fato é a mesma. Sem uma gota de lágrima ou sequer um sorriso. Me tornei frio.

    *Medo excessivo de ter medo. Exatamente isso. Medo de ter "Fobias". Sinto isso a todo instante. Hoje mesmo estava a pesquisar sobre câncer de coluna na internet por simplesmente sentir uma dor cervical proveniente de sedentarismo e princípio de exercício aeróbico incorreto. Deixei de praticar esportes há algum tempo por sentir uma fadiga emocional que se irradia para o corpo. E também sinto medo de ter um problema de coração e morrer ao fazer algum esporte.

    *Ansiedade; estou a todo momento movimentando alguma parte do corpo e daí surge uma grande agitação. O que leva também ao nervosismo, que por consequência faz minha pressão arterial subir, ao mesmo tempo em que deixa o cortisol instável. Esse último é responsável pelo relaxamento do corpo, daí surge tonturas e outros sintomas quando estou deitado e me levanto rapidamente. O cortisol faz o coração relaxar, deixa meu corpo sensível aos batimentos cardíacos. (Sinto meu corpo pulsar quando estou parado). Ao mesmo tempo que o corpo está relaxado, a mente está ansiosa. O que gera conflitos entre o corpo e a mente.

    Dentre outros sintomas que me foram passados pela psicóloga do qual se eu for citar, terei de escrever um livro.

    Segunda a psicóloga. O meu caso é um caso difícil, pelo ambiente onde vivo e por minhas próprias imposições.
    "Coloquei expectativas muito altas no futuro, sem ao menos tratar e viver o presente; e uso como base para elevar as expectativas a cada dia que passa, opiniões de pessoas ao meu redor.

    Esse estresse proveniente dessa situação vem causando consequências no lado físico. Como pequenos ferimentos na pele dos membros (Mãos e Pés), Esofagite (Azia e irritabilidade digestiva), Pulsação acelerada e dores torácicas.


    Por esses motivos estou deixando a Cyber assim como várias outras atividades cotidianas.
    A psicóloga está sendo muito legal e, já me fez falar coisas que, se não fosse ela eu nunca falaria para ninguém.

    Ela me disse que esse tipo de problema é mais comum em pessoas criativas e com talentos artísticos. Pois estimula o desenvolvimento exagerado do lado direito do cérebro, responsável pelas emoções. O que em excesso, pode levar a doenças psicossomáticas.
    Segundo ela, meu problema começou na infância, por problemas como brigas familiares e alcoolismo do meu falecido avô. E também pela ausência dos pais. Ou seja, quem cuidou de mim sempre foi minha avó. O resto era o contra. pois minha mãe é filha adotiva da minha avó, logo, os outros "membros da família" nos vêem como parte de fora.

    O mais interessante é que agora eu sei tudo isso e, já é um começo para um tratamento que levará longos anos e mudanças no estilo de vida e, principalmente, a mudança de comunicação social com as pessoas próximas. O chamado "Ignorar".

    Outra situação é diminuir ou anular as exigências que apliquei sobre mim.

    Em fim. É um adeus, talvez temporário. Mas pode ser que seja para sempre.
    Até mais aí, pessoal!
    podem me acompanhar pelo DeviantART, mas ele estará desatualizado por bastante tempo, pois, minha criatividade acabou repentinamente nesse última semana e aumentou a ansiedade!
    Por incrível que pareça, o que me dar prazer, me faz mal. Sad



    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Spoiler:

    Presente do DJ (GjfTdc)
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
    avatar
    Luffy
    Colaborador
    Colaborador

    Sexo Sexo : Masculino
    Mensagens Mensagens : 2313
     Reputação  Reputação : 131
    Inscrição Inscrição : 23/03/2012
    Idade Idade : 18
    Localização Localização : Floripa - SC

    Re: O último remanescente. Deixando a Cyber por um tempo!

    Mensagem por Luffy em Dom Jul 21, 2013 8:17 pm

    É triste mesmo. Sempre imaginei que você tivesse esse problema, suas manipulações sempre mostraram muito disso!

    Ia escrever algumas coisas sobre isso como aconteceu com um conhecido meu, porém não ia melhorar as coisas kk, então aqui de te deixo um adeus e um volte logo ;D
    avatar
    KlauZERO
    Administração
    Administração

    Sexo Sexo : Masculino
    Mensagens Mensagens : 1490
     Reputação  Reputação : 136
    Inscrição Inscrição : 04/10/2011
    Idade Idade : 23
    Localização Localização : Rio de Janeiro

    Re: O último remanescente. Deixando a Cyber por um tempo!

    Mensagem por KlauZERO em Dom Jul 21, 2013 11:07 pm

    Luffy, verdade sobre as manipulações. A psicóloga olhou, mostrei a ela e, realmente é uma forma abstrata de arte que utilizei para expressar o que emocionalmente não consigo expressar.
    A última, DESOLATE, é a mais introspectiva. É como se fosse um pedido de ajuda meu; para uma ajuda que nunca responde e acaba-se tornando seu dependente desolado. É uma coisa absurda, mas inconscientemente, eu consegui expressar algo que, com o apoio certo, me faz entender que, nada mais, isso é um auto retrato.

    Mas sobre esse seu amigo. Caso seja uma história de superação, conte-me.



    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Spoiler:

    Presente do DJ (GjfTdc)
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    Conteúdo patrocinado

    Re: O último remanescente. Deixando a Cyber por um tempo!

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sab Out 21, 2017 6:17 am